Depoimentos

_MG_0269.JPG

 

 

Sou voluntária do IBFC Social há 8 anos e dedico com a Professora  Cindy na confecção de Ikebanas ( arranjos florais) semanalmente.

Eu acredito que através das Ikebanas nós podemos levar a luz e  felicidade por meio das flores, além de trazer a harmonia e paz aos jovens.

Ser voluntária é dedicar o seu tempo e amor em algo que você acredita, construir um mundo melhor. 

O Instituto é um local onde possibilita não só o aprendizado e a qualificação dos jovens, mas também ensina que cada um de nos podemos fazer a diferença, fazendo o próximo feliz através de várias ações altruístas.  

O IBFC é o caminho para a realização  dos sonhos de cada jovem!

Amo ser voluntária!

Kátia Sato Silva

IMG_7754_edited.jpg

 

 

As minhas experiências no IBFC foram sempre maravilhosas, costumo dar uma vivência da “Flor de luz” para os jovens, levando a eles a idéia de que próximo a nós tem alguém sofrendo e que sempre podemos fazer algo para ajudar, que é muito fácil e simples nos tornarmos úteis na vida delas. Como eles são muito receptivos, disposto, abertos ao novo, corajosos, e se concentram na confecção do arranjo, as aulas transcorrem com facilidade pois tudo flui de forma muito leve e natural.

Ao terminarem eles irradiam felicidade e contentamento. Na verdade sou eu que ganho, pois eles são contagiantes em sua forma de amar, agradecer e se alegrarem com tudo! Saio de lá com o meu coração cheio de amor e esperança! É motivador!

Obrigada IBFC pela grande oportunidade e principalmente a esses jovens guerreiros, que me ensinam tanto!

 

Rosana Ferreira Faraco

IMG_7756.JPG

Eu acho que a melhor parte do voluntariado é o resultado que a gente consegue atingir fazendo uma diferença algumas vezes tão pequena na vida de outras pessoas e repercutindo numa imensa alegria na nossa própria vida.

Tenho muito prazer de acompanhar o desenvolvimento das turmas e principalmente ajudar com aulas sobre minha experiência profissional e acadêmica e mostrar um pouco do que é importante ter em mente quando estamos falando deste novo mundo que eles irão explorar - o mundo profissional. Acredito que todo mundo pode transmitir conhecimentos e experiências para outras pessoas fazendo a diferença na vida delas, até aqueles que acham que não têm nada para ensinar. Quero sempre poder fazer a diferença na vida dos jovens do IBFC enquanto eles fazem a diferença na minha vida também. É uma imensa alegria participar desse projeto tão bonito que o IBFC desenvolve.

Yuri Ferreira Faraco

121609333_3998454600166256_4080133794150693114_n_edited.jpg

Quando se fala em trabalho voluntário , deve-se esquecer o conceito de trabalho definitivamente . Pois não é um trabalho, é um aprendizado com você mesmo!

É onde você se descobre  com infinitas possibilidades que até então estavam adormecidas.

É onde você aprende o significado de doação , onde seus olhos passam a enxergar o outro como foco do processo , onde você descobre o quanto você possui , onde você constrói e realiza sonhos ,onde o significado de prioridade se torna latente e principalmente onde você conclui como a vida pode ser simples !

E quanto ao trabalho ???

Ahh!! Trabalho é o que você faz fora do voluntariado, pois nesta prática, você está na escola da vida !!! Aprendendo a ser uma pessoa melhor !!!

Silvana Santoliquido Davini

O que posso dizer é que foi muito gratificante poder contribuir um pouquinho com este belo trabalho realizado pelo IBFC. Dá para perceber a seriedade com que ele é feito, que se reflete na maneira com que os jovens respondem, igualmente com muita seriedade e dedicação.

Abordei com eles assuntos como trabalho, dinheiro, missão de vida e sonhos. Para jovens desta idade, seria fácil haver dispersão, mas não foi o que aconteceu. Eles se mantiveram participativos, interessados e fizeram vários questionamentos. Me tocou bastante o exercício que provocava: qual é o seu maior sonho? Alguns mostraram inicialmente dificuldade de sonhar alto, limitando-se ao mundo aparentemente mais acessível. Com a insistência provocativa, foram se soltando e ao final, apresentaram sonhos grandiosos, como que num processo de libertação de seu potencial. Creio que o IBFC esteja fazendo isso, libertando o potencial destes jovens, que com apoio e orientação, poderão desenvolver autoconfiança e serem capazes de realizações significativas para si mesmos e para o seu entorno.

Julio Cesar de Oliveira Sampaio

WhatsApp Image 2021-12-02 at 23.26.10.jpeg

Como Arte Educadora Social, ministrando Oficinas de  Teatro da/o Oprimida/o, como ferramenta metodológica, para sensibilizar e refletir sobre a problemática social, e também  como voluntária no IBFC, tenho  reafirmado que a cada novo ciclo a troca de saberes tem contribuído para tecer novos caminhos, onde  a garantia de que direitos e deveres serão uma trilha a ser percorrida.

Gratidão à Equipe do IBFC que viabiliza a oportunidade de ampliar minhas  vivências.

Ana Maria da Silva

13248406_973261482787723_802706933341517

O trabalho voluntário é sempre muito enriquecedor, ja trabalhei com crianças e idosos, mas no IBFC foi diferente,  foi em um momento que eu estava realmente precisando e me trouxe um misto de coisas boas, trabalhei organizando a biblioteca, encapando livros e colocando eles em ordem, mas a melhor parte era quando um jovem vinha até a biblioteca no intervalo das aulas, para conversar sobre livros e a vida, e eu percebi que o que eu podia passar pra eles era muito pouco perto do que eles passavam pra mim, o que acabou sendo uma troca muito gostosa, fazendo com que a minha experiência no IBFC se transformasse em algo ainda melhor, trazendo assim, muita alegria para a minha vida.

Marlene Henriques Fernandes Ferreira

Carlos.png

É com muita gratidão que declaro que fazer parte de uma obra como o IBFC social, é algo ímpar que acontece na vida da gente.

Poder compartilhar minhas experiências e conhecimentos, com jovens em sua fase de desenvolvimento pessoal e profissional, é extremamente gratificante.

O projeto Jovem Aprendiz do IBFC Social, tem na sua essência, a ajuda no crescimento dos jovens propriamente ditos e eu, como voluntário tenho a oportunidade de crescer como pessoa deixando meu legado  junto ao legado do IBFC. 

Parabéns pelo trabalho e contem comigo sempre.

Carlos Alberto Fernandes

34394b70-a688-43dd-8ce8-966174a11647.jpg

Tem coisas na vida que nos modificam para sempre, e pra melhor, sem duvidas posso dizer que uma destas foi ser voluntária do IBFC.  

Sei que pra sermos felizes, temos que nos voltar verdadeiramente para o próximo e sabendo disto aceitei o chamado dos meus irmãos de alma, Alexandre Faraco e Rosana Faraco para pegarmos firme num projeto para os jovens. 

Se é maravilhoso plantar e ver a planta crescendo e dando frutos, imagina isto com um ser humano?! Isto mesmo!! No IBFC a gente planta sementinhas de coisas valiosas para a vida , na alma de jovens, fazendo com que eles se tornem cidadãos melhores !! 

Neste trabalho voluntário, descobri uma nova realidade que me fez rever valores e acreditar mais no ser humano! Eu também fui trabalhada, lapidada e me tornei mais feliz! Muito bom ser útil no puro altruísmos, pois nos sentimos realmente em contato com Deus! É mais uma forma de oração!! O voluntariado deveria fazer parte no currículo de todo brasileiro!! Um outro tipo de formação que complementa a instrução, pois trabalha sentimentos! 

Obrigada Alê e Rô e família!! E a todos do IBFC por todos estes anos! Parabéns!

Renata Ferreira Mendes

20729294_1592056380815249_71790526073265

Sabe aquela tristeza momentanea que bate quando você sente estar completamente perdido na vida? Ou aquele momento que diz sentir-se muito só, sem alguém ao seu lado e sem sabe que caminho percorrer? Eu passei por esses momentos. Minha mãe me disse que para que melhorasse eu teria que parar de ser egoísta, pensar menos em mim, e voltar o meu olhar para o próximo. O IBFC abriu os meus olhos.

Fui voluntária no instituto por alguns meses e pude perceber por mim mesma que com aquele pequeno esforço obtive a permição de ver gratidão em muitos olhares. Ajudei muitas pessoas no IBFC, mas a mudança que o próprio instituto causou na minha vida é inexplicavel, ganhei uma família que vai estar para sempre no meu coração.

Bianca Ferreira Mendes

vilma_edited.jpg

O que falar do IBFC, a palavra que define este sentimento é gratidão.

Gratidão por estar à mais de 10 anos, participando deste projeto.

Gratidão por estar participando das vidas dos jovens e saber que você pode fazer a diferença no futuro deles.

Gratidão a cada turma que se encerra e sentir que cada jovem está mais responsável, menos tímido com uma melhor visão do mercado de trabalho e acima de tudo com vontade de aprender cada vez mais.

Sempre penso que estou no IBFC para passar experiências e conhecimentos aos jovens, mas são eles que me passam isso, sou muito grata a tudo isso pois sou uma pessoa melhor com relação a ver cada jovem como uma tela em branco que apenas precisa de um pincel e várias tintas coloridas para ficar uma pintura perfeita.

Obrigada IBFC por fazer parte de minha vida e me mostrar sim que podemos com pouco, fazer a diferença na vida desses jovens, que muitas vezes precisam apenas de amor carinho e dedicação.

 Profa. Vilma Souza